Colégio Bittencourt

Nossa história: Há quase um século formando jovens

Fachada Antiga

Em 1914, nasceu o Colégio Bittencourt. A pequena cidade de Cordeiro, no Estado do Rio de Janeiro, foi o berço, onde a nova escola iniciou sua trajetória de sucesso.

Seu fundador e emérito empreendedor, o Sr. João Bittencourt. não imaginou, naquela época, que grande importância e contribuição desempenharia na formação cultural do povo fluminense, como hoje se vê consolidada, passados quase 100 anos da sua fundação.

Em 1921, o Colégio foi transferido para a vizinha cidade de São Fidélis - RJ, onde viveu um período de grande crescimento. Em 1925, já contando com o trabalho dos seus filhos e sobrinhos, o Sr. João Bittencourt mudou o Colégio para Campos - RJ, instalando-se na extinta Escola Estadual XV de Novembro, onde permaneceu até 1927, ano em que o educandário foi vendido para a Diocese local, devido à situação muito difícil, pela qual passava.

Em 1930, os irmãos Mário, Júlio e José, unidos para dar continuidade à obra iniciada há 16 anos, readquiriram o colégio, instalando-o no velho solar da Rua Gil de Góis, comprado do Dr. Atilano Chrisóstomo de Oliveira, onde se encontra até hoje.

Ex-alunos Jubileu de prata da turma de 1935, onde encontra-se Sr. Celso Peçanha, Ex-Governador do RJ. Em 1940, o Prof. Júlio Bittencourt afastou-se, a fim de se dedicar a outras atividades. Em 1943, por motivos de saúde, o Prof. José Bittencourt Júnior foi obrigado a deixar a escola, indo fixar residência em Niterói - RJ, onde veio a falecer alguns anos depois.

O Colégio cresce, floresce, vence.

Uma nova etapa teve início na vida da escola, quando o Prof. Mário Bittencourt, seus filhos Mário, Clóvis, Maria José B. Guimarães e seu genro o Prof. Delamar de Moraes Guimarães, passaram a conduzir os destinos deste grande colégio.

Os anos se passaram e o colégio atravessou nova fase de muitas perdas e grandes tristezas, com os falecimentos de seu fundador, sua esposa e seus filhos, o Prof. Mário Bittencourt, a Sra. Deolinda Costa Bittencourt, o Prof. Mario Bittencourt Filho, o Prof. Clovis C. Bittencourt, o Dr. José C. Bittencourt e a Prof a Maria José Bittencourt Guimarães, entre os anos de 1987 e 2001.

Fórum Nilo Peçanha Antigo Fórum Nilo Peçanha e imediações do Colégio Bittencourt na década de 50. Desde 1973, o Colégio Bittencourt vem sendo mantido pelo Centro Educacional Norte Fluminense, sob a presidência do Prof. Delamar de Moraes Guimarães, até 1998, a partir de então, do Engenheiro e Empresário Dr. Guilherme Augusto Bittencourt Guimarães , neto do Prof. Mario Bittencourt e filho da Profa. Maria José Bittencourt Guimarães e do Prof. Delamar de Moraes Guimarães.

O Colégio Bittencourt em 2012 completa 98 anos, e agora caminha para seu centenário continuando a promover o ensino no Estado do Rio de Janeiro, fiel aos mesmos ideais com os quais iniciou suas atividades há três gerações.

Que Deus abençoe a família Bittencourt, pela total dedicação à educação e pelo legado que deixam, glória de Campos, do Estado do Rio de Janeiro e, porque não dizer, do Brasil.

O Prof. Mario Bittencourt

O Professor Mario Bittencourt nasceu em 27 de setembro de 1895 na fazenda Maravilha, localizada na cidade de Macuco - RJ, berço da tradicional família Bittencourt, conhecida como “ Uma família de educadores ”.

Filho de José Victório de Oliveira Bittencourt (Nhonhô) e Alice Siqueira Bittencourt, casou-se, em 1921, com Deolinda Costa Bittencourt e tiveram quatro filhos: Dr. Mario Bittencourt Junior, Dr. José Costa Bittencourt, Prof. Clovis Costa Bittencourt e a Prof.ª. Maria José Bittencourt Guimarães.

O menino Mario, apaixonado pela leitura, encontrou, nos livros, grande inspiração e entusiasmo para se tornar um educador. As salas de aula e uma vontade nata de ensinar, podemos dizer, o seduziram completamente. Homem de caráter ilibado, esposo dedicado e amoroso, pai digno e amigo, foi seu espírito empreendedor e sua determinação que se somaram à paixão pelo ensino para dar origem a esta grande obra que é o Colégio Bittencourt de Campos.

Iniciou seus estudos em Macuco. Já em 1914 fez cursos preparatórios no colégio Pedro II no Rio de Janeiro e, em 1916, iniciou o Curso de Direito na Faculdade de Campos. Faltando pouco para se diplomar, foi surpreendido com o fechamento da faculdade. Mas foi lecionando matemática que se tornou um mestre por excelência, levando-o a se render à arte do magistério e fazendo com que dedicasse sua vida à educação.

Qualidade no ensino, competência e respeito aos alunos foram características marcante desse grande mestre. Mais que transformar seus alunos em profissionais do futuro, procurou formar cidadãos que percebessem criteriosamente a realidade social, cientes dos seus direitos e responsabilidades, preparando-os para enfrentar e vencer os desafios da vida

No dia 27 de dezembro de 1991, aos 96 anos, o saudoso mestre Mario Bittencourt nos deixou, ficando a sua obra como um imenso legado do grande educador que foi.

Ex-Alunos

  • Ernane Galveas Ex-Presidente do Banco Central do Brasil e Ex-Ministro da Fazenda
  • Anthony Willian Matheus Garotinho de Oliveira Ex-Prefeito de Campos dos Goytacazes e Ex-Governador do Estado do Rio de Janeiro
  • Celso Peçanha Ex-Governador do Estado do Rio de Janeiro
  • Theotonio Ferreira de Araujo Ex-Governador do Estado do Rio de Janeiro
  • Rockfeller Felisberto de Lima Ex-Prefeito de Campos dos Goytacazes
  • Barbosa Lemos Ex-Deputado Estadual e Atual Prefeito de São Francisco do Itabapoana
  • Beatriz helena Gonçalves Moll Embaixatriz do Turismo do Brasil
  • Wilson Paes Médico e Ex-prefeito de Campos dos Goytacazes
R. Gil de Góis, 299 | Mapa
Centro - Campos dos Goytacazes / RJ
(22) 2733-0303 | Email
Mauro Dias
luizauropcdias@gmail.com
2012 Colégio Bittencourt - Todos os direitos reservados